Todo empreendedor avalia não só a lucratividade mensal do negócio, mas também em quanto tempo ele terá retorno do montante que investiu para a abertura da empresa. As Franquias, além de se consolidarem como uma ótima alternativa de investimento, possuem prazos de retorno sobre o investimento melhores. E como todo negócio, tem alguns pontos importantes de atenção.

Como modelo de negócio, o Franchising seguem comprovando o sucesso ano após ano: a Associação Brasileira de Franchising estima que ele fechará 2018 com um aumento de 7% de faturamento em relação a 2017. E isso em um ano ainda de saída da recessão e com expectativa de aumento do PIB de 1,3%.

Os resultados são animadores, porém investir em um negócio sempre envolve altos valores, economias de anos, e uma pergunta sempre está na mente de um empreendedor: em quanto tempo ele terá o retorno do investimento? Vamos falar um pouco a respeito.

O que considerar no cálculo do retorno sobre o investimento em uma franquia?

Os pontos abaixo devem ser considerados na definição do prazo de retorno de investimento.

Investimento inicial

– equipamentos, mobiliário, processo de legalização e outros custos

Capital de giro

– fundamental para a manutenção das operações até que comece a gerar lucro efetivo

Ponto comercial

– o valor de aquisição do imóvel ou o aluguel.

Taxa de franquia

– o valor correspondente à concessão do uso da marca

Taxas de propaganda e royalties

– taxas cobradas mensalmente e que dependerão do modelo de negócio de cada franqueadora.

O prazo de retorno sobre o investimento de uma Franquia é melhor?

A resposta a esta pergunta está ligada tanto à eficiência quanto aos números.

Um negócio criado do zero pode gerar um prazo de retorno igual à uma franquia do mesmo segmento/produto. Porém, a franquia trabalha com condições praticadas há algum tempo no mercado, constantemente aprimoradas e compartilhadas com as unidades da rede.

A experiência da marca é o diferencial para o retorno sobre o investimento em uma franquia

A unidade terá desafios previstos e para os quais existe um plano de negócios validado na prática, e evitará alguns obstáculos com a experiência adquirida pela marca.

Em um negócio de marca própria, mesmo que o empreendedor seja profundo conhecedor de gestão, ele passará por fatos que são ligados exclusivamente à trajetória do seu produto em particular e precisará de mais tempo, recursos ou pessoal para resolve-los.

Ou seja, o retorno de investimento de uma franquia não é apenas melhor; também é mais factível e mais rapidamente ajustado às condições que se apresentarem.

Como exemplo, temos o retorno de investimento da Red Balloon, de 36 a 48 meses, que está dentro das melhores práticas de gestão do segmento e mais eficiente que um investimento próprio em uma escola de idiomas.

O prazo de retorno sobre um investimento não é apenas sobre números

Certamente a planilha onde estão, detalhadamente, os números de uma futura unidade franqueada, é o ponto de partida para avaliar o prazo de retorno e as suas próprias condições de atender o que está planejado.
Mas não podemos esquecer do fator humano para o sucesso de um plano de retorno.

Ter a afinidade com o produto/serviço é essencial para que todas as suas atitudes diárias e os valores transmitidos para as equipes sejam os mais alinhados com as metas de faturamento, de retorno e de reinvestimento.

Afinal, empreender é construir, e precisamos gostar do que estamos construindo para que as pessoas acreditem e comprem o que estamos vendendo.

investimento franquia