O público consumidor infantil continua sendo um dos mais lucrativos para quem deseja abrir uma franquia. Este públco acompanha, e muitas vezes determina, mudanças nas relações de consumo das famílias. E todas as mudanças sociais relevantes, principalmente a internet, impactam as crianças profundamente.

O volume de vendas para o público infantil, em geral, cresceu 8% entre 2015 e 2017, mesmo em meio a anos de crise.
Isso se deve a itens como educação, alimentação e vestuário, que não podem ser cortados do orçamento, mesmo quando ele é reduzido. Esse volume dá a medida do potencial desse mercado, onde as possibilidades vão se diversificando também pela mudança de hábitos e pelas necessidades dos pais e responsáveis.

Crianças: um público exigente de transformações

Hoje em dia, não temos mais as crianças passivas em relação às decisões de consumo nas famílias – segundo pesquisas, os consumidores infantis influenciam até 80% das decisões de compra das famílias, de alimentos a viagens e lazer.

As crianças se tornam consumidoras cativas do que as conquistam, mas também esperam sempre por novidades, não só no que estão consumindo – como a evolução da qualidade de jogos, por exemplo – mas em novas experiências – a evolução do jogar com amigos em casa para os jogos online e com o mundo.

A busca constante pelo novo deve ser uma regra de quem está no mercado para o público infantil. O próprio universo do Franchising mudou seu perfil e oferta de produtos e serviços para atender os pequenos.

O empreendedor de uma franquia para o mercado infantil deve ter sempre o olhar atento às novidades e mudanças.

Franquias de Moda Infantil

O setor de vestuário infantil é um dos pilares do tripé de necessidade constante, com a educação e a alimentação. E onde a exigência de novidades é muito forte.
As roupas evoluíram muito das peças básicas e bastante infantis até os anos 80 para uma revolução de costumes. Meninas e meninos dos dias atuais querem vestir roupas de adultos, portanto o olhar para o comportamento social é muito importante.
Ter um atendimento centrado na criança – afinal, ela tem voz ativa na compra – e alinhar a franquia, sua identidade visual e estilo dos produtos com a região onde vai atuar são itens fundamentais para o sucesso.

Franquias de Educação Infantil

Este é um setor do Franchising – Serviços Educacionais – que cresce muito ao longo dos anos, movido pela prioridade das famílias na educação de seus filhos, movida por duas grandes preocupações:

⦁ Dar um ensino com qualidade já na infância e, com isso, melhorar o aproveitamento das fases seguintes da vida acadêmica;
⦁ Preparar da melhor forma possível para o mundo profissional, que não está mais restrito ao Brasil.

As Franquias de Idiomas, do qual a Red Balloon faz parte, têm um papel fundamental nestas necessidades. O Inglês é um idioma cada vez mais presente no convívio das crianças com o mundo digital e requisito básico para as oportunidades no futuro: os estudos no exterior e o mercado de trabalho globalizado.

O olhar sobre a importância de estar formando pequenos cidadãos do mundo e a preocupação com as novidades de métodos de ensino e tecnológicas, entre outros aspectos, fazem a diferença neste setor.

 

franquias de educação infantil

 

Franquias de Festas Infantis

Este é um setor que tem um crescimento continuado e muito impactado pelas mudanças comportamentais de crianças e pais.
Fazer uma festa em casa ou no salão do prédio, com um tema – e eles são vários hoje em dia – e toda a estrutura necessária custa muito dinheiro, tempo e preocupações. Por isso, são comuns as festas apenas para as crianças, que são procuradas pelo custo menor e por permitir que os pais tenham tempo para outros compromissos. Nesses casos, é fundamental uma equipe maior de recreação e mais preocupações com segurança.
Para o sucesso nesta franquia, é importante estar sempre atualizado sobre os temas, ter brinquedos sempre em perfeito estado, oferecer pacotes variados entre decoração, recreação, alimentação e atrações especiais – um mágico, por exemplo – e equipes engajadas em dar real atenção aos pequenos.